Translate

sábado, 22 de agosto de 2015

Brasil é Campeão Mundial em download séries no mundo.



Parece coisa de quem não tem o que fazer, mas existem companhias especializadas em rastrear o download de torrents, sabia?
Em alguns países europeus, tais como a Alemanha, pirataria é combatida ferrenhamente podendo render cadeia e multas, e muita complicação, fazendo com que os estúdios e as gravadoras gastem seu precioso tempo e dinheiro caçando pessoas que como eu e você vivem com o μTorrent aberto.


Umas dessas firmas, a Excipio, rastreou entre o dia 1 de Janeiro e 24 de Dezembro de  2014 o download de diversas séries feitas por meio de torrents e outras redes P2P, e adivinhem só, chegaram a conclusão que o Brasil foi o campeão mundial que mais baixou seriados, com 28,4 milhões downloads. Numa disputa acirrada com a Rússia que ficou em segundo lugar com 28,1 milhões, e completando o podium temos a Índia que ficou em um distante 3º lugar com os seus 16 milhões de downloads.
Duas teorias são colocadas a prova com estes números.
1- A teoria de que o fim do mundo das industrias e dos direitos autorais, mas pelo que parece isto nunca esteve perto de acontecer no Brasil.
Pelo contrário, a audiência da TV Paga vem crescendo e se estabilizando, o sucesso de serviços de streaming, como a Netflix, em nosso país é inegável.
2- Isso revela uma nova teoria: o Serviço Pago chamado de "Oficial" precisa ser melhor e mais eficiente que o Serviço "Gratuito" (chamado de pirata - mas pelo que sei Robin Wood nunca foi pirata, mas foi acusado de muita coisa "boa" pelo tiranos)
A pressão criada pela concorrência gratuita só vem melhorando ainda mais o mercado pago. A pouco tempo era inconcebível vermos ao mesmo tempo que os Estados Unidos séries como Game of Thrones ou True Blood, e até mesmo com um atraso de apenas um dia, como foi feito com a nova temporada de 24 horas.

Vale lembrar que até mesmo a própria Netflix oferece um catálogo maior no Brasil do que em países que levam o combate a pirataria a sério como a Alemanha (chupa esta manga, chucrute!).

Como em qualquer outro mercado, é óbvio que os produtores de conteúdo vão pedir desesperadamente para o governo impedir que uma concorrência mais barata os force a ter que procurar novas formas de ganhar dinheiro, reduzir gastos, e agradar os seus consumidores, mas caras, ninguém ganha uma briga contra a Internet.




Custom Search